Descubra esse mundo novo...lute por sua raça, entre nessa aventura, SEJA BEM VINDO(A) Á ETHERNIA!
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Registre seu avatar no padrão 200x400px
Veja o Tutorial e as regras aqui
Se você ainda não fez sua FP, faça para que possamos aprova-la. modelo de FP
O fórum conta com novos parceiros, não esqueçam de da uma passadinha neles.

Compartilhe | 
 

 Teste para o exército de Krishti

Ir em baixo 
AutorMensagem
Katherine Pierce
Gangrel
Gangrel
avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 15/11/2011

Ficha do personagem
HP:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
MP:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Itens:

MensagemAssunto: Teste para o exército de Krishti   Dom Dez 18, 2011 9:22 am


Teste para o Exército de Krishti


Nome:
Idade:
Por que quer fazer parte do exército?
Acha que é bom o suficiente para fazer parte de tal grupo?
Possui habilidade com quais tipos de armas?
Algumas de suas características psicológicas:
Mataria qualquer um a sangue frio?
O que você pensa sobre:
Humanos:
Anjos:
Híbridos:
Narre uma batalha com um Anjo ou com um Híbrido: [minimo 10 linhas]


OBS: Como esse grupo ainda não tem um Adm representante então o primeiro a fazer parte dele também se tornara o general.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lylith Harmon R. Weiss
Demônios
Demônios
avatar

Mensagens : 63
Data de inscrição : 20/11/2011

Ficha do personagem
HP:
280/280  (280/280)
MP:
150/150  (150/150)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Teste para o exército de Krishti   Sex Dez 23, 2011 4:15 pm

Teste para o Exército de Krishti


Nome:
    Lylith Harmon Russel Weiss

Idade:
    333 anos, mas se for julgar pela aparência, 16 ou 17.

Por que quer fazer parte do exército?
    Em meio a uma guerra, o mais inteligente a se fazer é arranjar fortes aliados, se não podemos morrer inutilmente de mãos vazias e sem dignididade.

Acha que é bom o suficiente para fazer parte de tal grupo?
    Sim

Possui habilidade com quais tipos de armas?
    Prefiro as de fogo, não que eu seja menos favorável com as armas brancas e afins.

Algumas de suas características psicológicas:
    Na minha humilde opinião sou bem explosiva, o estereótipo perfeito de pessoa que quase ninguém quer ao seu lado. Costumo ser impulsiva, o fato de seguir planos não soa bem aos meus ouvidos, prefiro o termo "improvisar". Sarcástica, mentirosa, nem um pouco confiável. Sem esquecer de esperta, fria e provocativa.

Mataria qualquer um a sangue frio?
    Me dê uma arma e tiramos prova disso

O que você pensa sobre:
    Humanos: Macacos sem pêlos ingênuos e burros, pra mim são como insetos asquerosos, mais um ou menos um no mundo não faria a menor diferença.
    Anjos: São um porre tirando a minha Lena <3 -q, com asinhas bonitinhas e delicadinhas pensam que podem tudo. Esses são com quem mais gosto de brincar.
    Híbridos: Aberrações, preciso dizer mais?

Narre uma batalha com um Anjo ou com um Híbrido: [minimo 10 linhas]
    Estava uma tarde nublada, os ventos gelados não surtiam muito efeito em mim, o que era uma pena, já que eu estava passeando pelos arredores de Fhynder justamente por causa do frio. Eu sei que é errado estar aqui agora, mas não dou a mínima, então não faz diferença se é certo ou não, só estava com vontade de sentir a brisa suave congelar – literalmente – a minha alma. Diferente dos outros dias, hoje eu estava bem quieta. “Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém, certo?”, pena que quase ninguém acredita nisso.
    Estava pendurada em uma árvore, uma das mais altas que eu encontrei, dali de cima dava pra ver toda a terra dos anjos. E parece que também estava fácil de me ver, pois depois de algum tempo ali em cima, um anjo – ou melhor, uma anja – conseguiu me ver. Sua adaga angelical brilhou intensamente assim que ela tirou das suas vestes, e eu fui logo adiantando-me: - Ow ow, eu não vim aqui puxar briga, queridinha. Nem em sua terra eu estou – Meu tom foi convicto, mesmo estando quase em território inimigo. – Desça daí pra gente conversar... – Anham, confiei tanto nas palavras dela quanto confio em mim mesma – Conheço essa história, mas já que você pediu com carinho, eu desço. – Pisei de galho em galho, e quando estava em um dos mais baixos, pulei em direção ao chão, caindo graciosamente diante da anja.
    Paz? Acho que essa garota não sabia o significado. Por incrível que pareça dessa vez eu não iniciei a briga porque, bem, quando eu inicio uma... eu vou até o final com essa. Ou melhor, só vou pra casa depois que tenho o sangue do inimigo caído nos meus pés. A anja segurou sua adaga com força, avançando alguns passos na minha direção, enquanto mantinha sempre os olhos azuis fixos nos meus. – Cretina... Maldita... Vadia... – Sua voz saia quase como um rosnado. – Esqueceu de Satânica, Sem Coração e Intrusa – Sorri de canto e apalpei minha Glock.
    Dessa vez, mas só dessa vez, ela foi mais rápida que eu, trazendo a ponta da sua adaga na direção do meu peito. Agarrei seu pulso com força e dei várias joelhadas em seu estômago. Com a sua mão agarrada a minha, ela usou a outra pra agarrar a parte de trás do meu cabelo. A dor me fez ficar totalmente a mercê dela por alguns segundos, que foram o suficiente pra ela me jogar no chão com uma rasteira e subir em cima de mim. – Briga de puxar cabelo? Você tem quantos anos? 12? – Gritei enfurecida, agarrando seu pescoço com as duas mãos e apertando.

    Ela largou o meu cabelo e agarrou os meus pulsos, tentando fazer com que eu parasse de apertá-la. Só por pirraça, apertei mais ainda, com uma força que os meus dedos chegaram a dor sob a pele dela. Girei meu corpo sobre o da anja e fiquei por cima dela. Sua expressão era desesperada, buscando inutilmente pelo oxigênio que eu lhe roubava. Pensei que aquele seria o fim, mas então ela me surpreendeu quando bateu sua testa com toda a força na minha. – Sente essa, demônio! – Levei minhas mãos a testa, sentindo tudo rodar. Então, ela pegou sua adaga angelical e cravou na minha coxa. Meu grito de dor foi ensurdecedor. Doeu... pra... caramba. Minhas mãos tremerem e eu agarrei a adaga, tirando-a de mim. Dessa vez consegui abafar o grito, então, logo me virei para a anja e agarrei seu queixo com brutalidade. – Senti, agora engole isso, vadia – Ela arregalou os olhos e eu bati a adaga na garganta do anjo, enfiei a arma até sentir a arma sumir dentro da dona, que morreu logo após.
    Levantei, me apoiando em uma só perna, por causa da outra machucada. Mas antes de sair, me inclinei sobre o corpo da garota, arranquei a adaga da sua garganta, guardei, e virei-me na direção em que ficava Krishtii. Pretendendo voltar ali sabe quando? Jamais.

Obs: Sim, a mesma luta do anjo do treino.
É que eu prefiro evitar a fadiga.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Pierce
Gangrel
Gangrel
avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 15/11/2011

Ficha do personagem
HP:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
MP:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Teste para o exército de Krishti   Sab Dez 24, 2011 1:18 pm

Aprovada, general do exército de Krishti... *0*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Teste para o exército de Krishti   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Teste para o exército de Krishti
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Teste para filhos de Zeus
» Teste para filhos de Poseidon
» Teste para filhos de Hades
» Teste para Rainha das Amazonas- Alexia
» Teste para filhos de Hades

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Ethernia :: Fórum :: Testes :: Teste para grupos extra-
Ir para: